quinta-feira, 6 de junho de 2019

Adeus



Adeus” - A palavra não saía dos lábios, as bocas que tanto haviam se beijado se recusavam à despedida, os olhares se devoravam, as mãos ansiavam por dedos entrelaçados... e ainda assim a palavra estava ali - "adeus". 

A flor que ele trouxe era o último presente, sempre havia flores pelo caminho quando ele ia encontrá-la, sempre havia o sorriso dela ao vê-lo com os braços cheios das mais variadas flores e ramos, sempre havia perfume em seu ninho de amor. A palavra que sufocava e umedecia os olhos sem ser uma vez sequer pronunciada causava um enorme silêncio, um silêncio cheio de gestos vagarosos e olhares demorados como que gravando para sempre na memória cada detalhe. Era estranho, porque seus encontros sempre estavam cheios de palavras, a poesia era tamanha, as músicas que sussurravam no ouvido, os sorrisos que ecoavam pelo vale. Deitados olhando o céu ele se deliciava com a voz dela falando e falando e falando, fazendo-o sorrir e sonhar de olhos abertos ao som daquela doçura que enchia seu mundo. 

Mas hoje - "adeus" - essa única palavra sem ser ouvida causava uma imensa dor enquanto ele a abraçava aspirando o perfume em seus cabelos e tentava não olhar o horizonte para não adiar nem em pensamento o momento de vê-la desaparecer por entre as árvores levando na mão sua derradeira flor.



10 comentários:

  1. Ola,
    "Sempre havia flores pelo caminho quando ele ia encontra-la."
    Que bonito essa passagem. Então tudo valeu a pena pelo perfume que "ele" deixou.
    que o dia traga os retalhos da vida, pra se bordar com fios vermelhos de seda as lembranças tatuadas no avesso da vida.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu amei ler-te :)
    Se um dia publicares um livro tenho todo o gosto em o comprar

    Beijinho e bom fim de semana
    www.danielasilva.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que honra tê-la aqui, seja bem vinda. Quanto ao livro, espero que esse dia chegue.

      Excluir
  3. Nem sempre um Adeus é definitivo. Pelo menos na mente e coração de quem fica e de quem parte. Gostei muito do blogue.

    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Tanto que não caberia em todas as palavras do mundo. Talvez seja por isso que parece não ser necessário dar ao adeus palavra nenhuma.

      Excluir
  5. Passei por um adeus assim.. . Tinha noção que era o adeus e naquele momento limitei-me a aproveitar e criar memórias que me fazem sorrir às vezes. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em situações assim é a melhor coisa que se pode fazer.

      Excluir

Algo estranho?